HOMICÍDIO

Se vejo defeito no ato
enfeito o feito e o fato
pra me impedir de morrer, me mato
e vivo quieta
secreta
pequena
me deito,
perfeito
o quero
e espero
surtir o efeito
o crime mal feito
e o quadro vermelho
na sala de estar
indica um suspeito
implícito e seco
mas deixa a desejar
o corpo
só e morto
se recusa a esfriar
recuo aqui dentro
parágrafo lento
paro,
grafo,
tento
curto sufoco
faísca e fogo
volto a respirar

tumblr_mlm0bvaLbe1rr4361o1_500

3 comentários sobre “HOMICÍDIO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *